Início Política UNITA com o foco nas primeiras eleições autárquicas

UNITA com o foco nas primeiras eleições autárquicas

0
10

O secretário provincial em exercício da UNITA em Cabinda, João Manuel, informou, nesta cidade, que o partido está seriamente empenhado para as Autarquias Locais e as Eleições Gerais de 2027.

Ao discursar, domingo, na segunda reunião ordinária do Comité Provincial da UNITA, no Centro de Conferências de Simulambuco, para analisar e discutir aspectos ligados à vida interna do partido, João Manuel disse ter chegado “a hora de criar estratégias para as eleições de 2027 e as autárquicas que ainda não têm data definida”.

O também deputado da UNITA pelo círculo eleitoral da província de Cabinda reafirmou a contínua aposta do partido na juventude, salientando que continuará a prestar toda a atenção por ser uma franja “que depositou voto de confiança à UNITA nas eleições gerais de 24 de Agosto”.

Frisou que a juventude, por ser a alavanca da UNITA, deve ter sempre uma visão holística para o futuro: “Estaremos mais próximos do povo, de um modo geral, sobretudo, lá onde não conseguimos ganhar nas Eleições Gerais de 24 de Agosto”, disse o secretário provincial em exercício do “galo negro”, para quem a estratégia de proximidade ao eleitor é da direcção central do partido.

Às senhoras da Liga da Mulher Angolana (LIMA), o político pediu para que continuem a desempenhar o seu papel na sociedade, lutando pela emancipação, o que irá permitir com que possam ocupar lugares de destaque no partido e noutras esferas da sociedade. Para a concretização deste objectivo, o responsável da UNITA em Cabinda considerou “fundamental que as mulheres apostem seriamente na carreira política, administração e formação académica”.

Preços dos fertilizantes

A secretária provincial da UNITA no Huambo destacou, nesta cidade, que a redução dos preços dos fertilizantes e distribuição massiva, pelas instituições governamentais, é a opção certa para que os camponeses desenvolvam a sua actividade de maneira tranquila e eficiente.

Albertina Navita Ngolo, que falava no final da 2ª Reunião Ordinária do Comité Provincial do partido realizada sábado, sob o lema “UNITA – avaliar, perseverar e crescer para vencer”, referiu que o povo do Huambo sobrevive, maioritariamente, da agricultura. Frisou que é importante que sejam revistos os preços, não apenas dos adubos, como também de outros inputs agrícolas para o aumento da produção e da produtividade, facilitando a diversificação da economia.

No mesmo âmbito, destacou a necessidade da reabilitação das estradas secundárias e terciárias em todos os municípios da província do Huambo para permitir a mobilidade dos cidadãos, bens e serviços e, por meio desta, propiciar o desenvolvimento das comunidades rurais.

A dirigente do “galo negro” frisou que, dado o índice de alunos fora do sistema normal de educação, é necessário que o Governo da Província amplie a rede de infra-estruturas escolares, nas áreas recônditas, assim como reforce a merenda escolar para melhor aproveitamento académico das crianças.

Recomendou aos órgãos de direito a desencorajar os actos de intolerância política que prevalece na província do Huambo, sobretudo, em alguns municípios, bem como exortou a reconciliação nacional e despartidarização das instituições do Estado por ser uma necessidade imperiosa nacional e aprofundamento do Estado Democrático e de Direito.

Durante o encontro, os membros do Comité Provincial da UNITA aprovaram, entre vários documentos, o relatório político-administrativo de Janeiro a Setembro do ano em curso, tendo reiterado o compromisso com a paz e a consolidação da democracia, para o bem-estar das famílias, assim como reconheceu o desempenho e o crescimento da sua organização política no Huambo. Saudou, no final, todas as mulheres em alusão ao Outubro Rosa, dedicado à luta contra o cancro da mama.

Coesão para o progresso

O secretário provincial da UNITA no Uíge, Félix Simão Lucas, exortou, nesta cidade, os militantes e simpatizantes do partido para serem fortes na unidade, coesão, disciplina, respeito às diferenças e opiniões, reforçando a base social do “galo negro” para o alcance dos objectivos nos próximos desafios eleitorais, sobretudo, as Autarquias Locais.

Fonte: https://www.jornaldeangola.ao/ao/noticias/unita-com-o-foco-nas-primeiras-eleicoes-autarquicas/

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui