segunda-feira, dezembro 5, 2022

Eni Coopera com a Gazprom para Restaurar os Fluxos de Gás para Itália

Date:

A petrolífera Eni está a trabalhar com a Gazprom PJSC e a Áustria a fim de se restaurar os fluxos de gás natural russo para a Itália, depois do fornecimento ter sido interrompido no passado sábado, 1 de Outubro, como resultado de um possível litígio regulatório.  

O player italiano de energia pretende avaliar as opções de resolução com a Gazprom e a operadora austríaca, incluindo garantias em dinheiro de cerca de $19,54 milhões para reiniciar o abastecimento de gás russo para a Itália durante os próximos dias.   A paralisação foi causada pelo facto da Gazprom não pagar a taxa predefinida ao operador austríaco pelo gás que passa pela Áustria para a Itália.  

Apesar dos esforços da Itália em desfazer-se do gás russo, este recente incidente destacou a vulnerabilidade das nações europeias aos movimentos do presidente Vladimir Putin para limitar o fornecimento de energia para Europa, colocando em risco a segurança energética de todo continente. O corte de gás ocorreu dias depois de explosões submarinas interromperem os principais gasodutos Nord Stream que ligam a Rússia à Europa. 

Os conflitos sobre cláusulas contratuais e regulamentações têm acompanhado o colapso dos laços económicos entre a Rússia e os países do ocidente, enquanto continua a guerra na Ucrânia. No início deste ano, a demanda da Rússia por entregas de gás a serem pagas em rublo também contribuiu para o aumento dos preços nos mercados internacionais. 

A Itália já contou com a Rússia para cerca de 40% de suas importações de gás, mas tem estado a reduzir agressivamente essa dependência desde a início da guerra em Fevereiro, tanto que nos últimos meses o país europeu obteve suprimentos alternativos suficientes de gás do norte da África para compensar quaisquer déficits neste inverno caso a Rússia decida cortar o seu fornecimento. Antes da mais recente paralisação, o gás russo representava cerca de 10% das importações da Itália, lê-se no Petroangola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Popular

Publicações Relacionado
Relacionado

Angola Lança Relatório Especial do Sector Petrolífero na Angola Oil and Gas (AOG) 2022

O Ministério dos Recursos Minerais, Petróleos e Gás de Angola (MIREMPET) lançou o seu Relatório Especial sobre o Sector Petrolífero durante a cerimónia de abertura da Conferência e Exposição Angola Oil&Gas (AOG) 2022 (http://bit.ly/3UyBCpP) na terça-feira.

Isabel dos Santos vai concorrer à Presidência de Angola se a oportunidade surgir – “Procuraram manchar a minha reputação para venderem a UNITEL aos...

A empresária Isabel dos Santos disse que quer ser candidata à Presidência da República, "se a oportunidade surgir", porque Angola "precisa de um novo futuro político" e diz acreditar que "há muitas pessoas" que vão estar com ela nessa batalha.

Economia timorense está lentamente a recuperar

A economia de Timor-Leste está lentamente a recuperar, depois de uma recuperação de 2,9% em 2021, a economia está no caminho certo para crescer ainda mais 3,0% em 2022", refere o relatório, com o tema "Honrar o passado, garantir o futuro".

Sonangol dá início a construção do segundo Navio petroleiro

O arranque da construção do segundo navio foi formalizado no dia 28 deste mês, na cidade de Mokpo, Coreia do Sul, com a tradicional cerimónia de corte de aço referente ao casco 8021, segundo navio do projecto da tipologia Suezmax.