Início Banca Bancos pedem 1.372 milhões de euros em Portugal

Bancos pedem 1.372 milhões de euros em Portugal

0
11

O Estado português recebeu pedidos para conversão de 1.372 milhões de euros (620,6 mil milhões de kwanzas) em créditos fiscais.

Até ao momento, já foram reembolsados 397 milhões (179,5 mil milhões de kwanzas), dos quais 380,6 milhões (172 mil milhões de kwanzas) ao Novo Banco, segundo o relatório sobre impostos diferidos enviado ao parlamento.

De acordo com o relatório semestral sobre o Regime Especial aplicável aos Activos por Impostos Diferidos (REAID), enviado à Comissão de Orçamento e Finanças (COF), até ao final do primeiro semestre deste ano, sete instituições de crédito fizeram 29 pedidos de conversão de activos por impostos diferidos em crédito tributário.

segundo o J A, Desse total, a Autoridade Tributária concluiu a apreciação de 21 pedidos, que totalizam 1.131 milhões de euros (511,6 mil milhões de kwanzas), incluindo dois que foram objecto de indeferimento, tendo confirmado o montante de 956 milhões de euros (432,4 mil milhões de kwanzas).

Do montante confirmado, reembolsou cinco bancos: Haitong Bank, Banco Efisa, Banif — Banco de Investimento, Bison Bank e Novo Banco. Do valor reembolsado, a maior fatia foi para o Novo Banco (380,6 milhões de euros).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui