Quinta-feira, Abril 18, 2024

Uso de rochas ornamentais na decoração segue como tendência

Date:

edição 2022 da Casa Cor Ceará segue até o dia 27 de novembro, mostrando ambientes produzidos pelos mais renomados profissionais de arquitetura, design de interiores e paisagismo cearenses. Em visita ao local da mostra, é possível perceber que as rochas ornamentais vêm ganhando cada vez mais espaço na decoração, seja em ambientes abertos, como saunas, piscinas e varandas, como em ambientes fechados, como salas, cozinhas, escadas, banheiros e quartos.

Peças únicas, elas unem beleza, exclusividade e sofisticação, dando personalidade aos ambientes. Sua versatilidade e variedade de cores e tipos permitem atender aos mais diversos gostos e estilos, sendo utilizadas inclusive sozinhas, como objetos decorativos, em painéis e peças de designer.

Além disso, são peças atemporais, com longevidade, que trazem a natureza para dentro do ambiente, tornando-o mais aconchegante, além de combinarem perfeitamente com outros materiais, como madeira e metais, por exemplo.

As arquitetas Christine Perez e Tassia Ferreira, da Tecer Arquitetura, assinam um dos ambientes da Casa Cor, a Casa Duraplik. O espaço permite a conexão com a natureza, trazendo a brasilidade em evidência, com muito artesanato e rochas ornamentais. “Gostamos muito de utilizar materiais naturais na arquitetura e as pedras são peças-chaves. Além de trazerem a sensação de aconchego, nós estamos trabalhando com o que é nosso. Muitas dessas pedras são encontradas aqui no Ceará e o nosso conceito é olhar para dentro, valorizando o regional e a sustentabilidade”, explica Tassia Ferreira. “Na maioria das vezes, optamos por utilizá-las no bruto, o mais natural possível. Para a Casa Cor escolhemos o Granito Alpha Mate, da empresa cearense Granos, fazendo cortes orgânicos, e isso deu um acabamento bem diferenciado e mais leve”, complementa a arquiteta.

O Brasil é valorizado pela diversidade de suas rochas, contando com mais de 1.200 tipos. E o Ceará é o terceiro estado brasileiro que mais exporta rochas ornamentais, sendo reconhecido mundialmente pelas suas rochas exóticas e super exóticas, especialmente as originárias do município de São Gonçalo do Amarante. Entre os maiores compradores estão os americanos, portugueses, italianos, chineses e franceses. “As rochas cearenses são as mais utilizadas atualmente na decoração e nos revestimentos de ambientes de luxo em todo o mundo. São rochas exclusivas, super exóticas e com uma durabilidade inigualável, não riscam e apresentam um polimento que se mantém por décadas. O Ceará é hoje o grande produtor e fornecedor da pedra natural para esses ambientes no mundo”, explica Carlos Rubens Alencar, presidente do Sindicato das Indústrias de Mármores e Granitos do Estado do Ceará (Simagran).

O principal item das exportações do Ceará são os quartzitos. “Taj Mahal e Perla Venata são os mais conhecidos e admirados no mundo e ambos são exclusivos do Ceará. Em relação aos limestones, fomos os pioneiros e detemos a supremacia no fornecimento para todo o Brasil e também para o mercado externo”, complementa o presidente do Simagran. O Sindicato está à frente da Fortaleza Brazil Stone Fair, feira internacional de rochas ornamentais que acontecerá no Ceará no início de novembro e promete movimentar o setor.

Fortaleza recebe feira internacional de rochas ornamentais

Será realizada no Centro de Eventos, entre os dias 9 e 11 de novembro, a Fortaleza Brazil Stone Fair (FBSF 2022), uma feira sobre rochas ornamentais que reunirá profissionais do Brasil e do mundo das áreas de arquitetura, construção civil, designers, decoração e interessados no assunto.

Valorizando os produtos naturais, em sua 6ª edição, a feira celebra os 100 anos da pedra natural brasileira. Grandes expositores já estão confirmados, entre eles Quatzblue, Vermont, RL Mármore, Letgran, Capixaba, JB Marmores e Granito, Gramaf, White Stone, LA Granitos, Gran Arts, JL Marmores, Pedra Cariri Dois Irmão, Sotreq, Mineração São Luiz, Granos e Imarf.

A Fortaleza Brazil Stone Fair é um momento oportuno para reuniões de negócios, troca de experiências, abertura de mercado, palestras técnicas e lançamentos de novos materiais e equipamentos. O evento é uma realização do Sindicato das Indústrias de Mármores e Granitos do Estado do Ceará (Simagran), com a parceria do IEL, Sesi, Senai, Fiec, CNI, Sebrae, apoio institucional do Ibro e promoção da Ikone.

Fonte: https://www.portalin.com.br/in-loco/uso-de-rochas-ornamentais-na-decoracao-segue-como-tendencia/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Popular

Publicações Relacionado
Relacionado

China e Noruega pretendem reforçar a cooperação parlamentar com Angola

A presidente da Assembleia Nacional, Carolina Cerqueira, recebeu, quarta-feira, em Luanda, em audiências separadas, os embaixadores da China, Zhang Bin, e da Noruega, Bjornar Dahl Hotvedt, com os quais abordou o plano de cooperação entre os parlamentos.

Proposta de Lei da Actividade Mineira Ilegal é aprovada amanhã

A Proposta de Lei sobre a Actividade Mineira Ilegal volta, amanhã, a ser debatida na Assembleia Nacional para a sua aprovação na especialidade, para que medidas sejam tomadas contra todos os tipos de crimes aos recursos mineirais existentes em Angola.

Mining eventos partilha os progressos das etapas da cadeia de valores na 3º edição do Valentine`s Diamond Show

A Bumbar Mining orgulhosamente apresenta a terceira edição do Valentine’s Diamond Show, no dia 23 de Fevereiro de 2024, pelas 18h a 22h30, no Hotel Diamante em Luanda, um evento que visa promover e destacar os avanços da indústria diamantífera angolana.

Ataque do grupo Codeco mata 46 pessoas na RDC

Um total de 46 pessoas morreu num ataque de um grupo rebelde, o Codeco, contra um campo de deslocados no Nordeste da República Democrática do Congo (RDC) em Junho passado, confirmou ontem a Human Rights Watch (HRW).