Terça-feira, Abril 16, 2024

Pólo diamantífero continua disponível ao investimento

Date:

Pelo menos 26 lotes continuam a espera de empresários interessados a investir no segmento de lapidação de diamantes no Pólo de Desenvolvimento Diamantífero de Saurimo, situado na província da Lunda Sul, com vista a dinamização da cadeia de valor deste sector.

De acordo com o consultor do ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Mankenda Ambroise, apesar de contar com cinco fábricas de lapidação, este pólo ainda está aberto aos investidores que pretendam instalar unidades fabris dentro desta infra-estrutura. 

Inaugurado a 27 de Agosto de 2021, o Pólo de Desenvolvimento Diamantífero de Saurimo está dividido em três áreas principais: comercial, industrial e a reservada à central híbrida. 

Em declarações à imprensa, à margem da 2ª edição da exposição e desfile de jóias com diamantes encastrados de Angola, realizada quinta-feira, em Luanda, o então ministro da Geologia e Minas (2008) recordou que a política de comercialização de diamantes em vigor no país permite que se venda 20% da produção aos lapidadores, mas esta meta ainda “não foi atingida”, por existir poucas fábricas de lapidação. 

“O país está a produzir cerca de nove milhões de quilates/ano, sendo a maior parte desta produção exportada de forma bruta. Portanto, será uma grande vitória para Angola, caso tenha a capacidade de lapidar os 20% da sua extracção local”, destacou.    

Na ocasião, o também ex-coordenador do Processo Kimberley anunciou ainda para breve a abertura da Bolsa de Diamantes de Angola, com objectivo de se comercializar com transparência e coerência os diamantes brutos do país. 

Por outro lado, Mankenda Ambroise considerou de extrema importância a exposição de jóias, por permitir promover a cultura de uso de joalheiras com diamantes produzidos em Angola. 

Denominada “Valentine’s Diamond Show” (VDS), a exposição e desfile de jóias com diamantes encastrados visa incentivar os angolanos a serem os primeiros a usufruírem os benefícios da “pedra preciosa” abundante em Angola, segundo o director-geral da Bumbar Mining, Sebastião Panzo, promotor do evento. 

Para este responsável, os cidadãos podem aproveitar os benefícios do diamante de duas formas: como uma reserva financeira (guardar em forma de poupança) e adereço (uso de especiarias feitos com diamante nacional). 

Por seu turno, a directora comercial da Pedra Rubra (fábrica de jóias e lapidação de diamantes), Helga Milagre, considerou o evento como forma de mostrar a capacidade industrial e tecnológica que o país possui para transformação dos recursos minerais, através de matérias-primas locais. 

Com uma capacidade para produzir até 500 peças/mês, entre colares, pulseiras, anéis de noivado e alianças feitos com diamante e ouro nacional, a responsável apontou a expansão desta iniciativa a nível nacional e internacional como um dos desafios da sua empresa, nos próximos tempos. 

Criada em 2012, em Luanda, a Pedra Rubra foi a única joalharia que marcou presença na 2ª edição da exposição e desfile de jóias com diamantes, que serviu para promover os seus produtos e “prender” a atenção dos convidados ao evento. 

Numa noite colorida de diamante e ouro, os participantes também tiveram a oportunidade de assistir um desfile de manequins, que exibiram jóias de diamantes encastrados e vestes “banhadas” de ouro. 

O Valentine’s Diamond Show, enquadrado no Dia dos Namorados, celebrado a 14 de Fevereiro, é uma exposição e desfile anual de jóias de diamantes destinado a casais, que celebram a progressão de Angola na exploração da cadeia de valor da indústria diamantífera. 

A iniciativa da Bumba Mining tem como objectivo promover e viver na prática os benefícios da progressão de Angola na cadeia de valor da indústria diamantífera, assim como servir de plataforma de amostras pelas joalharias angolanas.

Fonte: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Popular

Publicações Relacionado
Relacionado

China e Noruega pretendem reforçar a cooperação parlamentar com Angola

A presidente da Assembleia Nacional, Carolina Cerqueira, recebeu, quarta-feira, em Luanda, em audiências separadas, os embaixadores da China, Zhang Bin, e da Noruega, Bjornar Dahl Hotvedt, com os quais abordou o plano de cooperação entre os parlamentos.

Proposta de Lei da Actividade Mineira Ilegal é aprovada amanhã

A Proposta de Lei sobre a Actividade Mineira Ilegal volta, amanhã, a ser debatida na Assembleia Nacional para a sua aprovação na especialidade, para que medidas sejam tomadas contra todos os tipos de crimes aos recursos mineirais existentes em Angola.

Mining eventos partilha os progressos das etapas da cadeia de valores na 3º edição do Valentine`s Diamond Show

A Bumbar Mining orgulhosamente apresenta a terceira edição do Valentine’s Diamond Show, no dia 23 de Fevereiro de 2024, pelas 18h a 22h30, no Hotel Diamante em Luanda, um evento que visa promover e destacar os avanços da indústria diamantífera angolana.

Ataque do grupo Codeco mata 46 pessoas na RDC

Um total de 46 pessoas morreu num ataque de um grupo rebelde, o Codeco, contra um campo de deslocados no Nordeste da República Democrática do Congo (RDC) em Junho passado, confirmou ontem a Human Rights Watch (HRW).