Segunda-feira, Fevereiro 19, 2024

Mirempet quer equilíbrio de género no sector mineiro

Date:

Luanda – O secretário de Estado dos Recursos Minerais, Jânio Victor, apelou esta quarta-feira, em Luanda, as empresas deste sector a reforçarem a inserção de mulheres na actividade mineira, com vista a reduzir as actuais disparidades de género existente na mineração. 

Ao discursar na primeira edição da mesa redonda sobre “A mulher na indústria mineira angolana”, promovida hoje pela empresa Bumbar Mining, o dirigente alertou, igualmente, aos empresários a serem mais transparentes e inclusivos nos planos de empregabilidade, promovendo a cultura da meritocracia. 

Apelou também a necessidade de se apoiar a ascensão das mulheres em cargos mais elevados, assim como promover oportunidades iguais, sem discriminação do género feminino, para melhorar a qualidade da sua acção nas esferas de decisão corporativa. 

Segundo o secretário de Estado, o impacto da acção das mulheres vai muito além dos números estatísticos existentes, facto que desafia o sector a continuar a operar mudanças, contando com a cooperação desta franja, que deve estar disposta a crescer na profissão. 

Para Jânio Victor, está provado que ter mais mulheres a ocupar diversos cargos em todas as operações permite que a indústria mineira se reinvente de dentro para fora. 

Por seu turno, a geóloga Joaquina Costa considerou a actividade mineira como difícil e caracterizada por várias “intempéries”, principalmente para as mulheres, que devem conciliar a vida doméstica com a profissional. 

Para ultrapassar essas barreiras, a profissional, que exerce a actividade mineira há 25 anos, é necessário que a mulher seja criativa para poder resistir as dificuldades que impõem a profissão. 

A também assessora da Sociedade Mineira do Calonda contou que, actualmente, a conciliação da vida familiar e profissional está mais facilitada, devido à evolução das novas tecnologias, que permitem ter maior interacção com a família. 

Apesar das adversidades da profissão, a especialista incentiva a nova geração a apostar nesta área do saber, sem medo e nem preconceitos, mas enfrentando os desafios. 

Já a engenheira de Minas, Esperança dos Santos, reconheceu que, actualmente, regista-se alguma evolução na inserção de mulheres no sector mineiro, tendo em conta o aumento desta franja nesta actividade.

A também presidente da Associação Angolana das Mulheres em Geociências,  referiu que a sua agremiação tem trabalhado no sentido das jovens abraçarem esta profissão, encorajando a nova geração a apostar no conhecimento técnico-científico. 

Esperança dos Santos, também funcionária da Endiama, fez saber que dos 11 mil trabalhadores do sector mineiro, apenas 10% (1.100) são mulheres, uma percentagem ainda ínfima deste género nesta actividade. 

A mesa redonda sobre “A mulher na indústria mineira angolana”, um evento que passa a ser realizado, anualmente, pela Bumbar Mining, visa essencialmente a partilha de experiências das mulheres no sector mineiro e reflectir em torno dos novos desafios desta actividade no país. 

Resultados do Mirempet 

Quanto aos resultados alcançados pelo sector, nos últimos anos, o secretário de Estado dos Recursos Minerais referiu que se registou um aumento significativo na prospecção de minerais, como cobre, níquel, cobalto, elementos de terras raras, nióbio e fosfatos, sendo alguns destes minerais essenciais para a transição energética. 

De igual modo, apontou o aumento da exploração de diamantes, rochas ornamentais, areia siliciosa, argila, gesso, calcário e o início da exploração de ouro, ferro e manganês, no período pós-independência, como os avanços marcantes da actividade mineira no país.  

Apontou, igualmente, a aprovação e a implementação do novo modelo de governação do sector mineiro, bem como a construção do Pólo de Desenvolvimento Mineiro de Saurimo como as principais conquistas do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás (Mirempet). 

Destacou também a inauguração de fábricas de lapidação de diamantes, Centro de Formação Técnico-Profissional para os técnicos necessários à actividade de mineração e outras actividades industriais, assim como o surgimento de um Centro de Formação de Avaliadores e Lapidadores de Diamantes como os outros ganhos do sector. 

Em relação aos desafios do Mirempet, Jânio Victor sublinhou que o sector vai continuar a reflectir sobre o alcance das transformações ocorridas no sector e criar uma maior interacção da mulher na cadeia de valor do sector mineiro.

Fonte: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Popular

Publicações Relacionado
Relacionado

Mining eventos partilha os progressos das etapas da cadeia de valores na 3º edição do Valentine`s Diamond Show

A Bumbar Mining orgulhosamente apresenta a terceira edição do Valentine’s Diamond Show, no dia 23 de Fevereiro de 2024, pelas 18h a 22h30, no Hotel Diamante em Luanda, um evento que visa promover e destacar os avanços da indústria diamantífera angolana.

Ataque do grupo Codeco mata 46 pessoas na RDC

Um total de 46 pessoas morreu num ataque de um grupo rebelde, o Codeco, contra um campo de deslocados no Nordeste da República Democrática do Congo (RDC) em Junho passado, confirmou ontem a Human Rights Watch (HRW).

Cabo Verde está a trabalhar na recuperação de empresas

A ministra da Justiça de Cabo Verde, Joana Rosa, avançou, esta segunda-feira, na cidade da Praia, que o Governo está a trabalhar no processo de insolvência, no código de recuperação de empresas e nas medidas de acções visando dar uma nova vida à economia do país.

PGR de Israel pede anulação de lei que impede exoneração de Netanyahu

Jerusalém - A Procuradora-Geral de Israel, Gali Baharav-Miara, defendeu perante o Supremo Tribunal a revogação da lei, aprovada pelo Parlamento em Março, que impede o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, de ser declarado incapaz de exercer o cargo.