Início Petróleo e Gás Limite dos preços exclui oferta da OPEP

Limite dos preços exclui oferta da OPEP

0
8

As novas medidas dos países do Grupo dos Sete (G7) para limitar as vendas de petróleo russo impondo um tecto sobre os preço não serão aplicadas contra os produtores da OPEP, que adoptou planos para cortar a produção, deixando apreensivos os países consumidores, disse à Reuters um funcionário do Tesouro norte-americano.

Os Estados Unidos contactaram representantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) para tranquilizá-los quanto aos limites dos planos, acrescentou o funcionário.

Os comentários podem ajudar a amainar uma disputa entre os Estados Unidos e a Arábia Saudita, o maior exportador de petróleo e líder de facto da OPEP, sobre o que Washington encara como uma colaboração com a Rússia para privar os mercados de abastecimento, num momento em que se vislumbra uma recessão global.

A OPEP+, que agrupa o cartel de produtores e aliados como a Rússia, anunciou na semana passada um corte da produção de dois milhões de barris por dia (bpd) para equilibrar os mercados e conter a volatilidade.

O tecto dos preços previsto para 5 de Dezembro foi projectado especificamente para lidar com a operação militar russa na Ucrânia e não será aplicado a outros produtores, acrescentou o funcionário, já que as medidas para controlar a produção aumentam os preços. As novas sanções também não sinalizam o início de um cartel de compradores para combater o impacto das políticas da OPEP no mercado de petróleo, disse o funcionário, que não quis ser identificado devido à sensibilidade da situação.

O grupo de países consumidores da Agência Internacional de Energia, com sede em Paris, incluindo os Estados Unidos, disse na semana passada que o corte da OPEP+ elevou os preços e pode levar a economia global à recessão. Acordado pelos países do G7 em Setembro, o plano de tecto dos preços enfrentou conflitos com proibições muito mais rígidas da União Europeia (UE) sobre remessas russas ratificadas em Junho.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui