Quarta-feira, Fevereiro 28, 2024

BAD já disponibilizou três mil milhões de dólares a Angola

Date:

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) investiu cerca de três mil milhões de dólares no sector público em Angola, dos quais um terço em projectos ainda em curso, e quer captar o sector privado para esta fonte de financiamento.

De acordo com o representante do BAD em Angola, Pietro Toigo, a actividade da instituição no país aumentou significativamente na última década, sobretudo nos últimos cinco anos, mas por enquanto apenas com projectos do sector público.

dados do Jornal de Angola apontam que, Angola aderiu ao Banco Africano de Desenvolvimento na década de 1980 e desde essa altura a instituição financeira investiu cerca de três mil milhões de dólares no país, tendo sido aprovados 53 empréstimos e doações.

Um terço deste montante é relativo a 11 projectos actualmente em fase de implementação, com destaque para o sector da energia, que absorve 50% do total, refere a Lusa.

O restante distribui-se entre os sectores da Agricultura (cerca de 12%), Água e saneamento (12%), Finanças (12%) e social (9%) e multissetores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Popular

Publicações Relacionado
Relacionado

Mining eventos partilha os progressos das etapas da cadeia de valores na 3º edição do Valentine`s Diamond Show

A Bumbar Mining orgulhosamente apresenta a terceira edição do Valentine’s Diamond Show, no dia 23 de Fevereiro de 2024, pelas 18h a 22h30, no Hotel Diamante em Luanda, um evento que visa promover e destacar os avanços da indústria diamantífera angolana.

Ataque do grupo Codeco mata 46 pessoas na RDC

Um total de 46 pessoas morreu num ataque de um grupo rebelde, o Codeco, contra um campo de deslocados no Nordeste da República Democrática do Congo (RDC) em Junho passado, confirmou ontem a Human Rights Watch (HRW).

Cabo Verde está a trabalhar na recuperação de empresas

A ministra da Justiça de Cabo Verde, Joana Rosa, avançou, esta segunda-feira, na cidade da Praia, que o Governo está a trabalhar no processo de insolvência, no código de recuperação de empresas e nas medidas de acções visando dar uma nova vida à economia do país.

PGR de Israel pede anulação de lei que impede exoneração de Netanyahu

Jerusalém - A Procuradora-Geral de Israel, Gali Baharav-Miara, defendeu perante o Supremo Tribunal a revogação da lei, aprovada pelo Parlamento em Março, que impede o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, de ser declarado incapaz de exercer o cargo.