Início Petróleo e Gás Angola: Governo prepara condições para que o petróleo deixe de ser a...

Angola: Governo prepara condições para que o petróleo deixe de ser a base principal da economia no país

0
13

A visão do governo de Angola, para o período 2022-2027, é a de que o Sector do Petróleo e Gás continue a ser um forte motor de investimento no país, preparando a transição para que o petróleo deixe de ser a base principal da economia angolana, o que requer uma aposta forte na atracção de investimento privado que  permita maximizar a eficiência do sector num curto prazo, nomeadamente a extracção de recursos naturais.

Angola vai assegurar a materialização dos projectos estruturantes de refinação, no sentido de atender às necessidades locais e regionais, com aumento da capacidade de produção de refinados no País. Para este efeito, continuará  a implementação da Estratégia Integrada de Refinação, com vista a acelerar a execução dos principais projectos em curso e avaliar a viabilidade da implementação de uma biorefinaria, que vai dar  continuidade   a  implementação de postos de abastecimento (PA) no território nacional, sobretudo nas localidades onde os mesmos não existem.

Para os próximos anos, o governo pretende também concluir a construção do Terminal Oceânico da Barra do Dande e acelerar a construção de novas infraestruturas de armazenagem, visando aumentar a capacidade de estocagem em terra, de derivados para a satisfação do consumo nacional e para exportação.

Angola quer consolidar a liberalização do sector dos derivados do petróleo e do gás, com a implementação do novo mecanismo de determinação dos preços dos combustíveis, baseado na paridade de importação e exportação para todos os produtos, consubstanciado na eliminação gradual do gap actual entre o preço de mercado e o preço fixado.

 Assegurar a construção e funcionamento de mais refinarias e assim aumentar a capacidade de refinação no País e garantir novas descobertas para mais de 3 milhões de barris ao dia, está entre as preocupações do governo de Angola para o período 2022-2027.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui