Presidente da República felicita Rei Carlos III pela entronização

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O Presidente da República, João Lourenço, endereçou, este domingo, uma mensagem de felicitação ao novo Rei do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, Carlos III, entronizado sábado nas funções, após a morte da mãe e Rainha Elizabeth II, no dia oito, por doença.

Na mensagem, o Presidente João Lourenço escreve que o Rei Carlos III acaba de assumir a responsabilidade de suceder, em tão altas funções, a mãe, figura que considera ímpar na história moderna do Reino Unido e do Mundo dos nossos dias, por saber, com invulgares qualidades, assegurar, du-rante décadas, a unidade do povo britânico e contribuir, com o seu saber e recato, para a paz mundial.

“Em presença de tão elevada estatura de sua predecessora, que foi, também, durante muitos anos, sua percursora, fica-nos a certeza de que Vossa Majestade será um mui digno construtor de novos alicerces sobre os quais assentarão obras de solidificação da concórdia e da harmonia entre os britânicos e os povos que habitam o nosso Planeta”, lê-se na mensagem do Presidente.

O Presidente da República manifesta, ainda, a convicção de que, durante o reinado de Carlos III, Angola e o Reino Unido manterão, intactos, os valores da amizade e da solidariedade pelos quais se regem os respectivos povos e governos, na acção que empreendem, de forma coordenada, tendo sempre em vista a intensificação da cooperação bilateral e o incremento de benefícios para ambas as partes.

O Chefe de Estado termina a mensagem desejando votos de muitos sucessos e saúde ao Rei Carlos III.

Na sexta-feira, o Presidente da República dirigiu-se à Embaixada do Reino Unido, em Luanda, para exprimir as condolências ao povo e ao Governo do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte pela morte da Rainha Elizabeth II.

No livro de condolências aberto na sede daquela missão diplomática, o Presidente João Lourenço, que se fez acompanhar da Primeira-Dama da República, Ana Dias Lourenço, destacou que o reinado de sete décadas da Rainha Elizabeth II marcou, para sempre, o povo britânico, ao qual serviu, contribuindo para a sua edificação como uma nação pujante, cujo progresso, como sublinhou, serve de referência para todos os povos a nível global.

“Este fatídico acontecimento deixa um enorme vazio no mundo todo e determina o fim da era de uma monarca que se destacou pelo seu dinamismo e firmeza, e que entra para a história, deixando um legado de estabilidade e união”, realça o Presidente João Lourenço, que foi recebido, no local, pelo embaixador do Reino Unido em Angola, Roger Stringer.

A Rainha Elizabeth II morreu no dia oito, por doença, aos 96 anos de idade, na residência de Balmoral, na Escócia. O funeral da Rainha Elizabeth II está marcado para o dia 19 deste mês.

Deixe uma resposta