- Publicidade -

DIAMANTES RENDEM USD 690 MILHÕES NO PRIMEIRO SEMESTRE

- Publicidade -

Dundo – A comercialização de diamantes no primeiro semestre do ano em curso, permitiu uma facturação de 690 milhões de dólares norte americanos ( mais de 436 mil milhões de kwanzas), segundo o Presidente do Conselho de Administração da ENDIAMA EP, Ganga Júnior.

Em declarações à imprensa, no final da reunião de balanço do subsector dos diamantes, Ganga Júnior disse que as vendas e os níveis de facturação estão de acordo com as previsões deste período.

Sem avançar dados comparativos em termos de facturação e produção, disse que as previsões para este ano apontam para 9.3 quilates de diamantes, metas ultrapassadas em cerca de 1,3 por cento, apenas no primeiro semestre.

“Estamos bem, apesar das limitações a que estamos sujeitas resultantes da Covid-19. Na generalidade vemos que há um esforço grande no sentido de cumprirmos com os programas estabelecidos”, asseverou.

Relactivamente ao ponto de situação das minas, o responsável garantiu que estão estáveis, apesar das limitações impostas pela pandemia da Covid-19.

Informou que decorre actualmente um processo de reestruturação das minas do Lunhinga e Camutue, que estão em plena recuperação em todas as suas variantes, desde as próprias estruturas de sócios, a reestruturação operacional, processo que deverá estar concluído dentro de um ano.

Quanto a mina de Lumina, disse ter ainda problemas “graves” de funcionamento, pelo que está igualmente neste processo de reestruturação profunda, no sentido de a EMDIAMA assumir a sua gestão.

Anunciou, por outro lado, que a mina de Cassanguidi poderá entrar em funcionamento este ano ou próximo.

O país tem em funcionamento, actualmente, 13 minas de diamantes (Calonda, Chitotolo, Lulu, Lunhinga, Cuango, Catoca, Furi, Uari, Yetwene, Luminas, Mucuanza, Lunhinga e Somiluana), sendo que, brevemente, devem entrar em funcionamento mais quatro: Tchiegi, Luaxe, Camute.

Estão em prospecção 14 projectos, designadamente Chinguvo, Dala, Gango, Sequege, Tchafua, Quitapazunzo, Cassanguidi, Lacage, Chitamba, Tchissombo, Mualengue, Mussanja, Sachenda e Banje Angola.

Gentileza da ANGOP/Quarta, 11 Agosto De 2021 

Comentários estão fechados.