Novo complexo de produção de gasolina atinge 4 milhões de horas de trabalho, sem acidentes

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O Novo Complexo de Produção de Gasolina da Refinaria de Luanda, inaugurado, recentemente, pela Sonangol, atingiu a capacidade máxima de 1.580 mil litros de gasolina/dia, contra os anteriores 395 mil litros, dentro de condições seguras.

A coordenação do projecto de au-mento da capacidade de produção de gasolina do complexo, reafirma  a operacionalidade total da instituição e  reduz em 15 por cento as despesas com a importação anual de combustíveis, para se poupar 300 milhões de dólares ao ano, ao país.

 Actualmente o país cobre 45 por cento das necessidades do consumo interno da gasolina e já atingiu a auto-suficiência em Jet-A1, Querosene e Fuel (óleo para as cimenteiras).

“As operações do complexo estão a correr conforme o programado. Até ao momento o complexo completa 4 milhões de horas de trabalho, sem acidentes”, assegurou o Jornal de Angola.

Com torres gigantescas, numa área total de 170 hectares, o complexo produz cerca de 40 produtos refinados e usa cerca de 3.600 mil litros de água na produção do volume diário.

O projecto é assegurado com cerca de 272 profissionais, todos quadros nacionais e para o engenheiro João Mayer “é um sentimento de orgulho e de pertença poder contribuir para o desenvolvimento do país”.

Quanto à construção de uma bio-refinaria, nas instalações da refinaria, o responsável avançou que o projecto que vai garantir a transição energética do país, está na fase preliminar e “tão logo tenhamos uma ideia de como iremos integrar esta refinaria verde ao aparelho poderemos dar segmento para as fases subsequentes”.

Comentários estão fechados.